terça-feira, 15 de maio de 2012


Ah o amor... que nasce não sei onde, vem não sei como, e dói não sei porquê.

Amor é um fogo que arde sem se ver;É ferida que dói e não se sente;É um contentamento descontente;É dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer;É um andar solitário entre a gente;É nunca contentar-se de contente;É um cuidar que ganha em se perder. 
É querer estar preso por vontade;É servir a quem vence o vencedor;É ter com quem nos mata lealdade.

Luís de Camões


é simples quando alguém  que você ama muito te magoar não a culpe por isso apenas entenda que ela não te ama como você gostaria , é que nem tudo e do jeito que nos queremos ....... fico com minha dor de amor e você fica com sua felicidade de balada.....